Voltando a desenhar e pintar

Nos últimos anos, eu me desconectei muito da arte e do desenho e achava que o meu caminho não era esse. O que me acontecia é que fui muito iludido pelo sucesso rápido prometido por outras áreas, entretanto, esse tipo de sucesso não existe.

Felizmente, eu desenhei muito desde a minha infância e, por causa disso, voltar a pegar num lápis HB e 6B não foi tão difícil. É muito bom arrastar a ponta do grafite no papel áspero para desenho, ato que mexe com muitos dos nossos sentidos.

Mas a minha primeira arte depois de ficar sem praticar por muito tempo foi feita com a minha mesa digitalizadora. Eu resolvi começar 100% a partir da minha imaginação e coloquei apenas os meus gostos e criatividade na pintura. É claro que passo por um momento na vida em que a criatividade não é o meu forte, mas posso dizer que deixei as “ideias fluírem”.

casal-xama

Ainda que o desenho acima não seja genial de um ponto de vista técnico, ele despertou aquela paixãozinha adormecida que eu tinha em mim. Isso levou a eu querer comprar um sketchbook e alguns materiais de desenho novamente (não sei como, mas os meus materiais antigos de desenho se perderam).

O meu primeiro desenho no sketchbook foi a criação de dois amigos festejando numa floresta. Acho que eu estava tão feliz com o fato de voltar a desenhar que queria expressar isso através dos meus personagens. Fiz o esboço do desenho com lápis HB, contornei posteriormente com caneta nanquim e, então, pintei com lápis aquarelável.

alegria-na-floresta

Ao ver os meus sobrinhos fazendo apresentações do folclore de Florianópolis, resolvi desenhar algumas versões de Bernunça. A primeira fiz o esboço com lápis HB e contornei com tinta nanquim, enquanto que a segunda esbocei com lápis HB e sombreei com lápis 6B e 9B.

bernunca-versao-02bernunca-versao-01

Apesar de ainda não estar fazendo aulas de desenho e pintura, quero aprender pintura digital e trabalhar na área. Eu realmente não acredito em dom e, para aprender a desenhar bem, acho que você tem que se esforçar muito e se dedicar.

Portanto, estou desenhando e pintando todos os dias e, ao mesmo tempo, lendo a biografia de Leonardo da Vinci. Pelo pouco que conheço sobre ele, tenho noção que era autodidata e amante da natureza. Por essas e outras que me identifico muito com ele.

Voltar a desenhar e pintar reavivou a minha alma e me deu um senso de propósito que eu não me dei conta que existia. Faço com muito amor os meus desenhos e tento enxergar com carinho mesmo aqueles que eu não gosto.

O caminho para me tornar um mestre na arte de desenho e pintura provavelmente vai ser difícil e vou ter muitos desafios. Enquanto trilho esse caminho, vou nutrindo a minha paixão pela arte que me beneficia com o fenômeno de não se ver o tempo passar.

Anúncios

2 comentários em “Voltando a desenhar e pintar”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s